Central de atendimento. 0800 040 1212

O aço para rodovias

O Brasil é dono de cerca de mais de 1.700.000 km de rodovias, onde mais de 200.000 km estão pavimentadas. Por esse trajeto, passam cerca de 111.446.870 veículos, divididos em 21 categorias distintas.

Para manter um bom funcionamento desse sistema, é preciso fazer uso de estruturas resistentes e duráveis, que proporcionem a maior segurança possível aos condutores, passageiros e pedestres que circulam nesses espaços.

O grande tráfego de veículos pode provocar patologias nos pavimentos, gerando acidentes. Por isso, o ideal é que sejam utilizados materiais de alta eficiência nas estruturas rodoviárias. 

Nesse sentido, o aço é o preferido, tanto para a construção e manutenção desses veículos, quanto para a construção das rodovias, garantindo um bom desempenho ao setor rodoviário como um todo.

Vale salientar que as estruturas utilizadas com essa finalidade seguem normas nacionais e internacionais, estabelecidas com a finalidade de garantir um sistema que apresenta extrema segurança. 

Um dos materiais em aço mais utilizados nos implementos rodoviários são os tubos de aço, famosos por sua altíssima resistência à corrosão, umidade, pressão, interferências climáticas, entre outras adversidades.

Esse produto possui diversas possibilidades de uso, sendo o preferido na construção de estruturas como carrocerias, caçambas, tanques, reboques, guindastes e plataformas, essenciais para a composição e manutenção dessas vias.

Um outro exemplo bastante comum são as barras de transferência, utilizadas nas rodovias para facilitar movimentos de expansão e retração causados pela variação da temperatura e distribuição de cargas. Esse material, fabricado em aço CA 25, evita algumas patologias no concreto como fissuras e empenamentos

Quer saber mais sobre os usos do aço? Entre em contato conosco ou siga as nossas redes sociais e fique por dentro.

Compartilhe: