Central de atendimento. 0800 040 1212

Saiba mais sobre o papel do aço para concreto armado

O concreto é composto basicamente por cimento, água, areia e um agregado graúdo (pedra ou brita), podendo conter outros aditivos que possuem o objetivo de melhorar suas propriedades. É a partir da sua junção com armaduras de aço previamente fixadas dentro do molde que são construídas as estruturas de concreto armado.

Nesse sentido, a forma é preenchida com concreto fresco, que acaba cobrindo as armaduras, dando origem a estruturas essenciais para os mais diversos tipos de construções, como pavimentos, pontes, pisos industriais, obras portuárias, edifícios, reservatórios, entre outras.

Por sua alta resistência à compressão, o uso do concreto é excelente para elementos estruturais. Assim, o aço é acrescentado para aperfeiçoar esse material, principalmente para aumentar sua resistência às tensões de tração e da própria compressão.

No geral, o concreto armado reúne as qualidades do concreto com as qualidades do aço, resultando em elementos de alta durabilidade, resistência à compressão e tração, boa ductilidade, entre outras qualidades.

Desse modo, é possível produzir elementos de formas variadas, para as mais diversas finalidades. 

Além disso, o concreto também é responsável por proteger o aço da corrosão, mas isso depende de uma cobertura adequada, por isso a importância de uma boa aderência entre ambos. É só a partir dela que esses materiais conseguem trabalhar conjuntamente com máxima eficiência.

Os tipos de aço mais utilizados no concreto armado são os aços CA 25, CA 50 e CA 60, desenvolvidos diretamente para essa finalidade. 

Clique aqui e leia a nossa matéria completa sobre as diferenças entre esses materiais.

Gostou de conhecer mais sobre o papel do aço para concreto armado? Siga as nossas redes sociais e fique por dentro.

Compartilhe: