Onde utilizar Chapa de Aço Lisa ou Xadrez nos seus projetos - AÇOMAIS
Chapa de Aço Lisa e Xadrez

Onde utilizar Chapa de Aço Lisa ou Xadrez nos seus projetos

Confira tudo o que você precisa saber na hora de optar por Chapa de Aço Lisa ou Xadrez para o seu projeto!

Amplamente utilizadas por diversos segmentos, as chapas de aço possuem grande variação em termos de características e aplicações. Isso se dá por conta de diferentes processos de fabricação, o que concede às chapas grande versatilidade em suas aplicações. Mas, uma dúvida mais elementar que pode ocorrer é: onde é mais recomendável utilizar uma chapa de aço lisa ou xadrez?

Portanto, para que você conheça melhor as características de cada uma, a AÇOMAIS elaborou este conteúdo para não restar nenhuma dúvida na hora de adquirir a chapa de aço mais indicada para o seu projeto.

Processo de laminação das chapas de aço

Você sabia que as chapas de aço são fabricadas a partir de diferentes processos? O principal aqui é entendermos a última fase desses processos, que é o da laminação. As chapas de aço podem ser laminadas a frio ou a quente, dependendo do tipo que está sendo fabricada. Vejamos:

  1. Laminação a quente: as placas de aço são aquecidas no LTQ (Laminador de Tiras a Quente) a temperaturas superiores a 900ºC, resultando em bobinas laminadas. A partir daí, é preciso executar o desbobinamento, para que as chapas sejam cortadas transversalmente na espessura específica.
  2. Laminação a frio: a laminação de placas no LTF (Laminador de Tiras a Frio) é feita sob temperaturas abaixo dos 100°C. As bobinas previamente laminadas a quente são utilizadas como matéria-prima para produzir um material com acabamento diferenciado.

Chapa de Aço Lisa – conheça as principais

Para falar de chapa de aço lisa, o melhor é agrupá-las de acordo com as suas características de fabricação. Vejamos abaixo as principais especificidades de cada um dos quatro principais tipos de chapa de aço lisa, além de exemplos de onde elas podem ser utilizadas.

1. Chapa de aço lisa fina a frio: bem maleável e com acabamento diferenciado, é amplamente utilizada no setor de transformação para a fabricação de eletrodomésticos, esquadrias e até automóveis, por exemplo.

2. Chapa de aço lisa fina a quente: com maior rigidez e resistência ao peso e pressão, são comercializadas em espessuras abaixo de 5mm para então serem utilizadas em pisos, tubos metálicos, longarina, estampagem.

3. Chapa de aço lisa galvanizada: o processo de galvanização proporciona um efeito anticorrosivo a essa chapa resistente e maleável ao ponto de permitir dobras. Ou seja, é indicada para a fabricação de telhas, fachadas, calhas e rufos, e ainda na indústria automobilística e de ar-condicionado.

4. Chapa de aço lisa grossa a quente: esse é um material bem mais rústico, comercializado em espessuras acima de 6mm e com alta resistência mecânica. Por suportar grandes cargas sem deformar, é então muito utilizada em obras da construção civil, na construção naval, em equipamentos industriais, máquinas agrícolas, equipamentos rodoviários e em caldeiras, por exemplo.

A segurança e acessibilidade das Chapas de Aço Xadrez

Não é à toa que ela é também muito conhecida como “chapa de piso”. Fabricadas a partir da laminação a quente, a chapa de aço xadrez galvanizada apresenta superfície antiderrapante ideal para evitar deslizamentos, ou seja, menores riscos para quedas de pessoas ou cargas.

Isso porque as marcas em relevo na horizontal e vertical formam um desenho xadrez, o que ajuda a aumentar o atrito da superfície. Por isso, é tão comum encontrar esse tipo de chapa em ônibus, escadas, caminhões, pisos industriais, entre outros espaços, que demandam maior segurança.

Cálculo do peso teórico das Chapas de Aço

Além da variação entre superfície lisa ou xadrez, as chapas de aço são comercializadas em diferentes medidas. Na hora de adquirir a mais adequada para ser utilizada, não deixe de atentar para o cálculo do peso teórico das chapas. Essa informação técnica deve estar obrigatoriamente no projeto, e é calculada a partir dos seguintes fatores:

  • espessura;
  • largura;
  • comprimento;
  • peso específico do aço.

Lembramos ainda que projetos estruturais devem ser sempre seguidos à risca para se evitar imprevistos ou problemas na segurança. A qualidade do produto também deve ser certificada de acordo com as normas técnicas exigidas para a fabricação a frio ou a quente.

Em caso de dúvidas na hora de adquirir chapas de aço, não deixe de consultar os nossos técnicos especializados. Na AÇOMAIS você conta com uma compra consultiva para evitar qualquer tipo de prejuízo.

Se esse artigo foi útil para você, então aproveite agora e já se inscreva em nossa newsletter para receber outros conteúdos relevantes como esse em primeira mão!


Post comment

UA-93187324-5